processo simples

5 “INVERDADES” SOBRE A ADVOCACIA QUE IMPEDEM AS PESSOAS DE BUSCAREM SEUS DIREITOS

(Reprodução de texto publicado originalmente na página de publicações do escritório. Para acessar o original, clique aqui)

Como em qualquer profissão, principalmente as mais técnicas, como a advocacia, medicina, arquitetura, engenharia e contabilidade, muitas pessoas acabam deixando de resolver seus problemas por terem a ideia preconcebida de que a situação pode piorar pelo simples fato de procurarem uma ajuda profissional. Há pessoas que temem procurar um médico com receio de descobrirem uma enfermidade. Temem procurar um arquiteto ou engenheiro por acreditarem que isto irá tornar a construção mais dispendiosa. Acreditam que contratar um contador pode gerar um custo desnecessário. O mesmo se aplica à advocacia, isto não é diferente. Da mesma forma que o médico, o arquiteto, engenheiro ou o contador deixam de ser contratados por mitos ou preconceitos arraigados no inconsciente das pessoas por informações provenientes de opiniões baseadas em hipóteses que em sua grande maioria não são verdadeiras (e mesmo as verdadeiras são imprecisas e se mostram “meias-verdades”), o advogado é um profissional que deixa de ser solicitado devido a estas ideias preconcebidas repassadas automaticamente, sem muita reflexão sobre o assunto. Hoje me disponho aqui a esclarecer algumas delas, que acredito serem as maiores “crendices” a respeito da profissão.

Estes “mitos” sobre os advogados devem ser esclarecidos em virtude da extrema importância da profissão no dia a dia da população e também por que a advocacia em muito se transformou e modernizou com o passar do tempo, e nunca antes o advogado esteve tão próximo do cidadão. (mais…)

Anúncios